PAPOULAS DE KANDAHAR

 

LIVROS

PAPOULAS DE KANDAHAR

MENINOS DE SÃO RAIMUNDO

IMPRENSA

"Roberto Lima quer sair-se por todas as portas e janelas, espírito fundo que é, das coisas ralas, rasas ou não. Atacando de mergulhador das profundezas e debatedor da superfície, ataca de trabalhador braçal e mental; é ralador de coco e consertador de furo de peneira; fazedor de muro, pinguelas, telhados e tetos de esteira.

É certo que Carlos Roberto Lima seja capaz de mais coisas. Citar as que são menos visíveis é um problema permanente para quem se aproxima dele."

Celso Adolfo, violonista e compositor.

"Com belíssimos achados poéticos, formados por metáforas que vão do delicado ao contundente, e com sua linguagem fluida, direta, muitas vezes direta como um golpe de Muhammad Ali, Roberto Lima comove, faz pensar, refletir e, sobretudo, sentir."

Pasquale Cipro Neto, 

professor de língua portuguesa

 

BIO

Nasci em Pedra Corrida, Minas Gerais, no dia 4 de dezembro de 1962. Nasci em casa, sob a luz de uma lamparina. Meu pai era soldado da polícia militar mineira. Minha mãe, dona de casa, e sou o terceiro a nascer de seu ventre e o do meio, entre os que sobreviveram. Gosto de futebol e pão com linguiça. Minas Gerais está no meu começo e guardará o meu fim (à sombra de uma mangueira em flor). Sou um cidadão comum, pago impostos, sofro de bronquite alérgica. Cozinho para não enlouquecer e escrevo crônicas para merecer o pão que mastigo. Sou raso em tudo o que faço e profundo em tudo o que sinto. Não sei o que seria de mim se fosse o contrário disto. Acredito na força do amor e da amizade... Diletante da palavra, sou cria das ruas e de uma solidão povoada de pessoas. Choro em filmes que me emocionam e em livros que me tocam. Posso ser divertido. Posso ser o fim do mundo. Os meus olhos falam quase tudo o que a boca insiste em calar. A cor que me encanta é a azul. 
Publiquei quatro livros: Colosso Ciclone (poesia, 1982, com Bispo Filho), Tango Fantasma (poesia, 1988), Meninos de São Raimundo (prosa e poesia, 2013, com Bispo Filho) e Papoulas de Kandahar (crônicas, 2017). Preparo para os próximos meses o livro de poemas Caixa de Suspiros e Pequeno Mapa do Medo (crônicas).
Sou jornalista nas horas pagas.

 

PRÓXIMOS EVENTOS

Abril

11

Biblioteca Brasileira de NY

6PM

240E 52nd St, New York, NY

(entre 3rd e 2nd Aves)
Info (212) 371-1556

 
 

MEUS LEITORES

Chico Buarque

Chico Buarque

 

CONTATO

Tel: 1 (973) 885-9951  | contato@robertolima.com.br

Assine para receber novidades, eventos e mais!

Me Siga no Facebook:

  • Facebook
  • Instagram